Publicado em

Como é a Cirurgia de Catarata por emulsificação

O Dr. Artur Schmitt é especialista em cirurgia de catarata em Curitiba, atendendo pacientes de toda a cidade e auxiliando no tratamento desta condição em sua avaliação, na operação e no período pós-operatório.

A partir dos 40 anos, o cristalino sofre algumas alterações, sendo uma delas a presbiopia, no qual há a perda da elasticidade desta parte do olho, ocasionando dificuldades para enxergar objetos próximos, sendo necessário afastar um livro para conseguir ler, por exemplo.

A presbiopia irá afetar todos os adultos em algum momento da vida, e o seu tratamento é realizado por meio de óculos e lentes próprios para leitura.

Já aos 55 anos, os problemas podem evoluir e ocasionar a catarata, doença no qual o cristalino do olho perde a sua transparência com o tempo, ficando opaca, causando sintomas como embaçamento visual, dificuldades em enxergar a noite, visão dupla, imagem borrada e perda da percepção de cores.

Além disso, erros refrativos podem acontecer em conjunto com a catarata, como miopia, astigmatismo e hipermetropia, uma vez que a luz refletiva para o olho é interferida com a doença.

Em sua fase mais avançada, a catarata pode até cegar, sendo a doença o principal motivo para a cegueira entre as pessoas adultas no mundo, chegando a corresponder por quase 50% dos casos de perda total da visão.

O tratamento para a catarata pode ser realizado por meio de uma cirurgia de emulsificação, no qual se retira o cristalino do olho afetado e para o implante de uma lente intraocular no local, que irá assumir as mesmas funções da parte removida.

catarata cirurgia por emulsificação

São dois os principais tipos de lentes, sendo elas a monofocal e a multifocal, que são utilizadas conforme a avaliação do Dr. Artur Schmitt, que irá escolher qual é a melhor lente de acordo com as necessidades e as condições de cada paciente.

A lente monofocal na cirurgia de catarata é a mais indicada para quem possui problema em apenas um campo de visão, uma vez que a lente tem o objetivo de corrigir melhor o grau de visões de curta ou de longas distâncias.

Já a lente multifocal é recomendada para quem, além da catarata, possui erros refrativos, como miopia, astigmatismo e hipermetropia, que ocasionarem problemas em mais de um campo de visão, permitindo  a correção tanto de curtas, como médias e longas distâncias, auxiliando também no tratamento das condições refrativas.

lente intraocular multifocal para catarata

A cirurgia para tratamento da catarata é rápida e minimamente invasiva, tendo entre cinco a 10 minutos de duração, não tendo a necessidade de internação e com o paciente sendo liberado logo após a cirurgia.

O Dr. Artur Schmitt realizou especialização em catarata na Bascom Palmer Eye Institute, localizada na Universidade de Miami e considerada, por 12 anos seguidos, o melhor hospital oftalmológico dos Estados Unidos.

Além disso, o Dr. Artur Schmitt possui mestrado e PHD com teses sobre cirurgia de catarata pela Universidade Federal do Paraná, sendo membro também da Academia Brasileira de Oftalmologia e da Academia Americana de Oftalmologia.

A sua clínica localiza-se em Curitiba, sendo um centro de referência para a realização de procedimentos para a catarata, devido a sua moderna estrutura e a sua alta tecnologia utilizada, garantindo que o paciente tenha o melhor tratamento possível.