Publicado em

As 4 regras para vender mais cosméticos

    As 4 regras para vender mais cosméticos

Conhecimento, confiança, qualidade e cliente são as 4 chaves para melhorar as vendas na dermofarmacia.
Conhecimento, confiança, qualidade e cliente. Essas são as quatro chaves para melhorar a dermofarmacia, de acordo com Rosalia Gozal, vogal Dermofarmacia do COF de Madrid e assim o expôs no âmbito da jornada Por uma dermocosmética
inovadora ao serviço da farmácia, organizada nesta quinta-feira pela Associação para o
Auto-cuidado da Saúde e celebrado em Madrid. O conhecimento é uma força que tem o farmacêutico e que deve aproveitá-lo, também para vender em dermofarmacia”, explicou.
O farmacêutico conhece o produto, a rotulagem, a pele do paciente, suas doenças, a galénica, a formulação, os veículos… só ele pode dar um conselho de qualidade baseado nesta informação. O paciente vê o recipiente de creme, mas não vê nada mais. Não conhece os ingredientes, não sabe se pode ir bem não se vai funcionar e que o farmacêutico se sabe porque tem informação e conhecimento”. Para ela, esta é uma das chaves para competir com as grandes superfícies e as promotoras de grandes empresas que o único que não conhecem nada.

Outro ponto-chave é a confiança. Somos grandes prescritores e temos que colocá-lo em valor”, afirmou, e para isso há que ter produtos de qualidade. A população vai à farmácia pela confiança que transmite e, porque sabe que tem produtos bons e de qualidade. Isso há que aproveitá-lo e, para isso, o farmacêutico deve responder com produtos de qualidade. Não nos deve interessar o preço, as melhores condições as ofertas e promoções”, informa. Há que fixar-se na qualidade dos produtos. O farmacêutico só pode vender aquilo que lhe dá confiança e segurança. Devemos ter os melhores produtos do mercado. só assim poderemos dar oferecer o melhor ao usuário

As três C anteriores estão centradas na mais importante, o cliente. Tudo o que fazemos deve ser para o cliente, apontou. Há que trabalhar dia a dia para que se sinta especial e para isso Gozalo propõe dedicar um tempo adequado, o seu cuidado”. É importante acompanhar os tratamentos, embora seja um creme de dia um sérum, e para isso há que citar o paciente a cada certo tempo para que vá à farmácia”. Mas não o tempo que ele escolha, mas o que o farmacêutico lhe diz”, aconselhou. Há que aprender a gerir as visitas e o acompanhamento para otimizar os resultados.

Nesta época do ano, lembramo-nos de usar demillus fazer pedido para proteger a nossa pele, mas e o cabelo? A proteção solar capilar é essencial se quisermos manter um cabelo saudável e forte. O cabelo é submetido a agentes externos agressivos tais como o cloro da piscina, a radiação solar excessiva, em especial, o ultravioleta e o sal do mar, o que faz com que sofra danos. O que é um fotoprotector capilar? É um cosmético específico para o cabelo, por sua textura e forma galénica, que protege contra a radiação ultravioleta, além de reparar e hidratar a fibra capilar. Com ele, você protege o cabelo contra a descoloração e, além disso, se nutre. Estes protetores do cabelo costumam levar ativos como a vitamina E , que é um potente antioxidante e hidratante; ceramidas, também hidratantes; silicones , que fecham a cutícula; e óleos vegetais hidratantes, como argan, coco, abacate… Os fotoprotectores capilares nós os encontramos em diferentes formas galénicas: gel para cabelos oleosos, óleo, para cabelos secos, tingidos. Estes produtos devem ser aplicado meia hora antes da exposição solar e renová-lo a cada banho, insistindo, sobretudo, na juba. VANTAGENS DO FOTOPROTECTOR CAPILAR Evitamos:

Oxidação: já que alguns aminoácidos presentes no cabelo, como o triptofano, são oxidados e quebrar a ponte de dissulfeto, o que faz com que o cabelo se fragilice.
A descoloração: já que evita a perda de cor por tratamentos de cabeleireiro, além disso, forma uma camada protetora que evita que se perca a coloração.
Ruptura do cabelo: evita a perda de queratina e, portanto, a fragilidade capilar, aumentando, assim, a resistência e a elasticidade da massa capilar.
Alterações na cutícula: o uso do fotoprotector capilar evita que a cutícula se altere, evitando que se abram as pontas e o cabelo perca sua hidratação e se enfraqueça.
Dicas para cuidar do cabelo
É importante se proteger com um chapéu e lenço.
Enxaguar o cabelo com água doce após cada banho.
Preparar o cabelo hidratándolo com máscaras de forma semanal e condicionador no resto de lavagens.
Usar xampus suaves que não ressequem e sem sulfatos.
Não aplicar o perfume nos cabelos antes da exposição solar.
Usar reparadores solares após a exposição.
Evitar o uso excessivo de pranchas, secadores, deixando o cabelo um pouco úmido para secar de forma natural.

Gema Herrerias
Informação elaborada por Anjos López, responsável de Comunicação da Academia Espanhola de Dermatologia e Venereología.

Tododermo
Parece que já por fim aparece o bom tempo e com isso o sol… Por isso, eu gostaria de falar-vos da fotoresistente oral você Sabe em que consiste? Você já ouviu falar das cápsulas orais para o sol? o que são?o que faz a fotoresistente oral? será que eu preciso? Além de fotoprotegernos de forma tópica com os fotoprotectores, a fotoresistente oral é um complemento que não exime o creme solar. Vos conto um pouco mais em que consiste e a variedade que você pode encontrar no mercado. Você sabia que os filtros solares só bloqueiam a 55 por cento dos radicais livres que são produzidos pelo sol? É por isso que os fotoprotectores cada vez incorporam mais em suas formulações também antioxidantes, pois só com os filtros não vale. Qual é o objetivo, então, as cápsulas solares? Nem mais nem menos do que incorporar desde o interior antioxidantes para reforçar a nossa pele, fortalecendo o nosso sistema imunológico para que a nossa pele esteja mais protegida contra o sol e até mesmo reparar o dano que você foi capaz de produzir em nosso DNA. Porque já sabemos que o sol é o responsável por: rugas, manchas, queimaduras…e do CÂNCER de pele Com estas cápsulas vamos ter uma proteção extra contra esses danos, e para ajudar-nos a ter um bronzeado mais bonito, duradouro e saudável. Se nos pomos a pensar quase ninguém cumpre a quantidade recomendada que temos que aplicar o fazer pedido avon que são 2 mg por cm2 e se a isso lhe acrescentamos o fato de que teríamos que reaplicar a cada duas horas o fotoprotector solar… nos complica a coisa. Quais os componentes que podemos encontrar em cápsulas? –

Antioxidante: chá verde, fernblock, poliypodium leucotomos, selênio, vitamina C, vitamina E, extrato de melão, uva vermelha, vitamina A, N-acetilcisteina … -beta-caroteno: nos vão ajudar a pigmentar eu OLHO aqui as pessoas que tenham manchas! porque se vão pronunciar mais também. Entre os mais utilizados estão, entre outros, o licopeno, luteína (conhecida como a vitamina para os olhos) … -Forskolin: estimula a produção de melanina -L-tirosina: precursor da melanina. -Vitamina D: ajuda o nosso corpo a absorver o cálcio. -Dinucleótido de nicotinamida: potência que o sistema imune e repara o dano solar produzido no DNA. -Prebióticos: potencializam o sistema imunológico, reforçando a resistência da pele. Qual escolher? qual será a mais adequada para a minha pele? Se você é um fototipo claro, você pode escolher qualquer um, a menos que existam manchas, neste caso, ele teria que evitar ativos que estimulam a pigmentação.